Peripécias de Vida XXXI


Mariana: Agora deste em bruxo foi? Mas tens razão estava a pensar na melhor maneira de dizer à minha mãe esta situação, vai ser complicado, porque agora não tenho o meu pai para me ir buscar à escola, vai ser a minha avó que vai ter esse trabalho e eu não quero isso de modo algum, não quero incomodar ninguém, quero sim que este homem desapareça de uma vez da minha vida! Quero que…que…que…morra! Eu sei que não se deseja a morte a ninguém mas ele fez-me tanto mal, não quero voltar a passar o mesmo, Rodrigo fica comigo não vás embora, não me abandones.

Rodrigo: Mariana, tem calma, se for preciso eu vou buscar e levar à escola, ajudo-te em tudo o que for preciso, eu fiz-te aquela promessa, vou cumpri-la, eu nunca mais te abandonarei, nunca te vou deixar sozinha, mas tens de contar à tua mãe! E vai ter de ser hoje, eu fico contigo e ajudo-te se te faltarem as palavras, não se pode adiar mais ele pode andar a rondar a zona, tens de ir hoje à policia!

Mariana: Não posso, hoje a minha avó organizou um jantar onde vai apresentar a família do senhor Alberto! 
Eu não posso nem quero estragar tudo! Conto agora à minha mãe mas amanha vou à esquadra, é o melhor. Mas fica comigo e ajuda-me sim? Obrigada por fazeres isto por mim.

Rodrigo: Claro, mas Mariana, eu fico com a responsabilidade de te ir buscar e levar à escola, não precisas de ter medo, tu só tens pessoas que te adoram à tua volta, e eu sou uma dessas pessoas.

Não respondi apenas sorri, ele percebeu o que eu quis dizer, e assim ficamos a tarde toda a ver televisão, 
não estudei nem nada fiquei com ele ali naquele sofá, dou por mim a sorrir.

Rodrigo: Estás com sorrisinho estranho na cara. Que se passa queres contar aqui ao menino?

Mariana: Estava-me a lembrar daquela noite em que te dei o pontapé, num sítio mesmo próprio, depois adormecemos aqui, de manha acordamos e beijamo-nos. Foi tão bom esse fim-de-semana Rodrigo… queria tanto repeti-lo…

Rodrigo: Eu lembro-me de tudo, esse sábado, esse fim-de-semana, foi tão… - Olhei para ele fixei o olhar apetecia-me tanto beija-lo, naquele momento, mas controlei-me o mais que pode para não o beijar, ele parecia estar a sentir o mesmo, parecia que queria aquele beijo tanto ou mais que eu até.

Mariana: Porquê, que és assim? És assim para todas as raparigas? Agora percebo que elas não vêm apenas a beleza exterior, que é muita mas também vêm a beleza que é superior à do exterior. – Disse isto enquanto lhe tocava no peito e desviava o olhar para o peito

Rodrigo: Estás enganada, és a única pessoa que me põem assim, isto porque és especial, e contigo sinto-me muito bem. – Afirmou ele, pondo a minha cara de forma a olhar-me nos olhos e puxou-me para bem perto dele

Mariana: Mas Rodrigo, tu ajudaste-me, eu tratei-te mal, e tu agora…

Já nem acabei o que ia dizer, os nossos lábios, tocaram-se, e eu não queria quebrar este beijo por nada deste mundo, então senti a sua língua a tocar suavemente na minha e entrou na minha boca, e foi andando por cantos já um pouco conhecidos mas que parecia a primeira vez que lá entrara, vagueava por tudo o que era sítio e eu fazia o mesmo a certo momento sinto os seus lábios a descolarem dos meus.

Rodrigo: Mariana, que foi isto? – Disse ele um pouco atrapalhado

Mariana: Foste tu que me beijas-te não eu se bem lembro…

Rodrigo: Não gozes sim? Mariana, eu ainda gosto de ti, desde que aconteceu aquilo, nunca mais te esqueci, admiro-te muito, AMO-TE Mariana! Quero-te a meu lado, eu espero o tempo que for preciso por ti, não vou sair da tua beira ainda para mais agora.

Mariana: Mas Rodrigo, tu, és cobiçado pelas raparigas todas da escola, porquê eu? Não entendo.

Rodrigo: Mariana, neste momento quero saber de ti, ajudar-te, fazer-te feliz…

Mariana: Eu considero-te um amigo muito especial, mesmo muito especial, tu mexes comigo sem dúvida que sim, mas é cedo de mais para dizer o que me estás a dizer, vamos deixar as coisas andarem pode ser?

Rodrigo: Um amigo, mas eu queria mais, queria-te para mim, queria-te mais do que amiga, queria-te como minha namorada, queria-te sentir…- notava-se um brilho especial quando falava

Mariana: Pode ser que isso chegue a acontecer algum dia nunca se sabe querido... - Sussurrei-lhe ao ouvido

Rodrigo: Por ti, esperarei até ao fim, nunca vou desistir de ti, estarei aqui para ti. – Imitou-me, quando ele me disse isto ao ouvido senti um arrepio no corpo todo

Quando ele disse isto ouve-se uma porta a abrir, era a minha mãe, sentei-me no sofá, devidamente, ela 
chegou-se perto de mim cumprimentou-me e cumprimentou o Rodrigo, mesmo sem o conhecer.

Mariana: Mãe, antes de começares a fazer perguntas este é o Rodrigo, digamos o meu melhor amigo. – Quando disse isto apercebi-me que o Rodrigo sorriu

Mãe: Prazer Rodrigo.

Rodrigo: Igualmente.

Mariana: Mãe, o que eu tenho para te dizer não é fácil, preciso de calma, senta-te por favor. – A minha mãe fez o que lhe pedi e sentou-se, já se notava um ar de preocupada na sua cara

Mãe: Mariana, conta-me o que se passa, estou a ficar preocupada filha, o quê que o Rodrigo está a fazer cá em casa?






Veremos, o que acontece! 
Sei que me tenho "baldado" um bocado ao meu compromisso de publicar à semana, mas tenho escrito na mesma!
Não se esqueçam dos vossos comentários, eles são muito, muito importantes!
Agora só volto a postar na sexta-feira! Por isso aqui têm mais um capitulo de "Peripécias de Vida" 
Fiquem bem, Beijos grandes, para todos os que visitam o meu blog! 
Mara

21 comentários:

Sofia disse...

Lindo *.*
Mas eu pensava mesmo que namoravam O.o

Beijinhos querida :)

Sofia disse...

obrigada querida :x´
tu tbm és muito simpática *-*
e claro que também AMO a tua história,porque é linda *-*

writingspace1 disse...

Adorei estes capitulos!!!!
Escreves cada vez melhor, continua :)

Catt´s disse...

Ja sabes que ADORO a tua historia .
Kiss, LÝ !

Lєтıs '' disse...

. felizmente o meu blog já foi reavaliado ;b

Sofia disse...

oh ainda bem que gostas-te
vou ver se posto segunda, hihi <3
beijinhos (;

MafaldaGomes disse...

Obrigada (;
Siim vou continuar, mas só vou postar aos fim-de-semana , por causa da escola s:

sanddi disse...

oh muito obrigada, assim que tiver um tempinho venho cá ler a tua, fica prometido ;)

MafaldaGomes disse...

pois ...
Beijinhos queridaaa (;

sanddi disse...

como tinha prometido, li a historia toda :P estou a gostar muito, e fiquei muito curiosa em saber a continuação e saber o que vai acontecer com aquele homem...
provavelmente só vou publicar para a semana, não tenho muito tempo...

MafaldaGomes disse...

Obrigada, querida :)
Os seguidores pediram e por isso vou continuar.

Mel disse...

Adorei... Continua... Tens imenso geito! Acredita! :)

MafaldaGomes disse...

Adicionei a aplicação dos seguidores, agora já podes ver

MafaldaGomes disse...

Obrigada, também sigo o teu (;

MafaldaGomes disse...

De nada (;

Lapastar disse...

adoroooo a tua historia!!!!
é LINDAA
tambem estou a fazer uma visitas ??
http://lapastar.blogspot.com/

Raquel disse...

AMO a tua história!
Quando postas o proximo capitulo?
Continua :D

Catt´s disse...

ola linda, passa pelo meu blog tenho la uma coisinha pequenina para ti !

Mel disse...

Já votei na sondagem. E tu também és muito querida :)

Beijinho, continua com o blog que está altamente!

Mel

Soraia Jesus disse...

gostei *

MafaldaGomes disse...

Obrigada fofa, mas hoje não vou publicar, estou mesmo sem imaginação, desculpa.
Passa lá amanhã que eu publico um (;