Peripécias de Vida XI

Eu subi as escadas, a porta do quarto estava fechada por isso bati à porta ela disse que podia entrar e eu fiz o que ela disse, mal entrei no quarto ela sentasse à minha beira e começa a falar.

Clara: Gostas-te da nossa prendinha?

Mariana: Que prenda Clara?

Clara: Então nós deixamos-te a dormir com o Rodrigo, e se queres que te diga pareciam estar muito bem ao lado um do outro.

Mariana: Porquê que fizeram isso?

Clara: Porque ambas sabemos que tu sentes algo pelo Rodrigo.

Mariana: Então não sinto, sinto ódio eu odeio e ponto.

Clara: A menina que sabe, se queres acreditar nisso acredita eu cá acho que vai dar coisa.

Mariana: Clara, já chega de filmes sim? Vamos lá para baixo ter com o André.

Clara: Esse é outro, gosta da Magui e não lhe diz. É mesmo estúpido.

Mariana: Ele vai-se declarar hoje, ele disse-me. Mas olha se ele é estúpido sai à irmã! – Disse no gozo

Descemos as escadas e estavam dois rapazes o Rodrigo e o André agarrados a uma cola sentados no sofá, sentamo-nos à beira deles quer dizer eu sentei-me num pufe e a Clara sentou-se à beira do Rodrigo. Estávamos a ver uma série CSI-Maimi, não prestei muita atenção só olhava para o Rodrigo até que ele se levanta e vai ao terraço. Passado pouco tempo eu recebo uma mensagem.

Mensagem recebida: Preciso de ti anda cá fora. Beijos

Mensagem envida: Tens a certeza? É que sabes não te quero magoar como ontem.

Mensagem recebida: Tenho a certeza, preciso de ti, quero-te ao meu lado.

Fiz o que ele me pediu e fui ter com ele.

Rodrigo: Desculpa, por tudo o que te fiz.

Mariana: Desculpo-te de quê? Não estou a perceber explica-me.

Rodrigo: Naquele dia eu vi o homem, vi tudo, não fui capaz de intervir, fui cobarde como sou. Ontem beijei-te no shopping e percebi, porque fugis-te não fui capaz de ir atrás de ti hoje beijamo-nos outra vez e desta vez fui eu que fugi percebi que não és uma rapariga para mim tu mereces muito melhor. – Disse ele com a cara para baixo e muito triste

Mariana: Porquê Rodrigo? Porque não fizes-te nada? Tu viste-me a sofrer e não fizes-te nada? Eu senti-me 
suja ele abusou de mim e tu ficas-te a olhar?

Rodrigo: Podes-me bater, esmurrar, faz tudo o que quiseres eu mereço. Foi por isso que eu te trato assim na escola queria manter esta distância de ti, eu nessa altura gostava de ti, como ainda gosto percebi que era o melhor para os dois.

Mariana: Fizeste-me sentir mal, tu só sabes humilhar as pessoas, não fizes-te nada Rodrigo. Eu estava a começar a gostar de ti, tinha descoberto um novo Rodrigo mas tu estragas-te tudo mais uma vez. – Saí dali a chorar agarrei-me à Clara precisava de alguém


Fomos as duas para o quarto dela e contei-lhe tudo, ela ficou boquiaberta, nem queria acreditar. De repente alguém entra no quarto era a Margarida ela vê-me naquele estado e abraça-me elas sabiam que eu ia precisar muito delas, eu adormeci no quarto da Clara elas deixaram-me ficar sozinha, queria descansar e ficar sozinha, mas eu começo a gritar e as raparigas vieram ajudar-me eu estava a sonhar ou melhor tive um pesadelo com aquele nojento outra vez elas acalmaram-me e descemos, estava a ficar perto da hora de almoço por isso ajudei a fazer o almoço não conseguia olhar para a cara do Rodrigo. O almoço decorreu normalmente com as piadas do André que faziam rir qualquer um que estivesse deprimido ou em baixo. Depois de almoçar o André levou a Margarida para o quarto dele eu já sabia que iria sair dali um casalinho e eles faziam um lindo par digo-vos já. Como nós os quatro éramos curiosos fomos para o quarto da Clara ouvir tudo não se ouvia muito bem por isso eu e o Rodrigo viemos buscar copos e fomos para cima ao subir as escadas eu faço qualquer jeito com o pé e caio nas escadas, o Rodrigo deixa tudo e vem ajudar-me pegou em mim levou-me para o quarto da Clara e viu que tinha partido o pé chamou o 112 e foi comigo para o hospital, era o mínimo que ele podia fazer. Já na ambulância ele agarra-me na mão e diz.

3 comentários:

writingspace1 disse...

Mázinha! Cortaste o capitulo numa parte interessante.
Estou ansiosa pelo novo capitulo!

writingspace1 disse...

Olha eu ja vi o convite mas é assim, eu criei o mail, so para as coisas do blog, eu posso aceitar mas eu nao tenho o meu nome verdadeiro e se nao te importares eu gostava de continuar com aquele nome, importaste? Eu aceito na mesma!

writingspace1 disse...

Já aceitei!