Peripécias da Vida III



Foi o intervalo mais longo que já tive apesar de ser só de quinze minutos pareceu uma eternidade mas eu estava tão bem ao lado delas é sempre bom quando temos duas amigas em que podemos confiar tudo que não nos vão desiludir. Íamos ter espanhol só quarenta e cinco minutos felizmente depois apanhávamos o autocarro com destino a casa da Margarida. Fomos para dentro e eles já estavam a entrar eu ia a entrar na sala quando alguém me faz uma rasteira felizmente não caí por pouco olho para o lado e vejo quem é, imaginem só o Rodrigo e diz ele assim:

Rodrigo: Esta foi por me deixares a falar sozinho há bocado. – Disse com ar de gozo

Mariana: Lembras-te do estalo que eu te disse que te dava há bocado? Dou-to agora.

Stora: Passa-se alguma coisa? Que eu deva saber Mariana e Rodrigo? – Disse a stora um pouco zangada

Mariana: Comigo nada agora este rapaz aqui já não sei parece estar com alguns problemas a nível 
psicológico – disse enquanto entrava na sala de aula

Stora: Espero que não se volte a repetir meninos.

Rodrigo: Desculpe, stora.

Entrei e não dei uma única palavra aula toda e se querem que vos diga foi a aula que mais demorou parecia interminável, estava noutro mundo, não prestei atenção nenhuma e nem copiei os apontamentos quando finalmente toca eu saio e espero fora da sala de aula por elas, a Margarida teve a ideia de irmos ao parque da cidade pois ainda era cedo para irmos para casa dela e fomos ao parque demos uma volta enorme ate que começa e chover e aí tivemos de correr até à paragem quando lá chegamos vimos o autocarro a ir embora e era o último.

Margarida: Este era o último, agora temos de ir a pé. – Disse ela desanimada

Mariana: Deixa lá linda, tivemos pouca sorte e ainda bem que não fica muito longe a tua casa, mas é assim minhas lindas eu preciso de ir a casa trocar de roupa. – Disse olhando para o meu estado

Clara: Pois eu também, olha como moramos perto umas das outras vamos a casa e trocamos de roupa e assim eu posso levar roupa para amanha e isso.

Mariana: Boa ideia assim também pego em mais dinheiro para amanhã no shopping.

Despedimo-nos e foi cada uma para a sua rua, como eu ia sozinha decidi pegar nos fones e comecei e ouvir música ia no mundo da lua estava a pensar em coisas sem sentido mas que podiam ter um fundamento, estava a pensar que se os meus pais se divorciassem com quem é que eu ia ficar provavelmente com a minha mãe, e o meu pai vai sair de casa? Vou passar os fins-de-semana com ele? E nas ferias? E no natal? E os meu aniversário? Estava mesmo noutro mundo entretanto chego a casa e vou directa ao meu quarto troco de roupa e começo a preparar o saco quando ouço a chave na porta olhei para o relógio e ainda era cedo para ser o meu pai ou a minha mãe vou à porta e vejo que é a minha mãe.

Mariana: Então mãe hoje saís-te mais cedo?

Mãe: Saí, já não tinha mais consultas e como tinha tudo pronto decidi vir para casa para também ir fazer umas compritas e tu não devias estar em casa da Margarida?

Mariana: Pois em relação a isso tive de vir a casa porque apanhamos uma molha e das grandes por isso é que vim a casa troquei de roupa e estou a preparar um saco. Olha levas-me a casa dela depois assim não é preciso ir a pé.

Mãe: Esta bem mas espera um pouco porque quero ver o que é preciso e depois vou às compras.

Mariana: Ah mãe só mais uma coisa dás-me dinheiro?

Mãe: Para quê menina Mariana? Tu não tens?

Mariana: Mamã amanha shopping lembras-te? E depois vou para casa da Clara já te recorda?

Mãe: Sim já me lembro filha desculpa mas é tanta coisa ao mesmo tempo que a minha cabeça não dá para 
tudo. – Disse-me enquanto me dava um beijo na testa

Mariana: Está bem mãe não te preocupes, só te queria recordar, olha vou acabar de fazer o saco sim?

Mãe: Vai lá então.


Fui para o quarto acabar de fazer o saco e fui ter com a minha mãe ajudei-a a fazer a lista das compras e saímos de casa ao entrar no carro eu começo por perguntar. 

3 comentários:

cris disse...

Obrigado linda ;)
estou a gostar da tua história, continua linda :D

Beijinhos*

writingspace1 disse...

Estou a gostar e continuo a dizer que no meio daquele odio todo entre a mariana e o rodrigo vai dar coisa.

Ass:http://writingspace1.wordpress.com

mara disse...

É capaz de dar nunca se sabe certo? Obrigada, tbm ja a li a tua e deixei o comentario. Mais uma vez obrigada Linda