34#

É complicado escrever-te, é complicado falar de ti! Foste o meu passado, não és mais o meu presente, nem o meu futuro, segui em frente, virei a página e recomecei a escrita com uma nova caneta, pronta para chegar ao fim, mas não um fim tão rápido como foi o nosso. Estavas lá com os teus amigos, e umas raparigas que desconhecia. Vieste à minha beira e cumprimentaste-me, disseste "olá" e eu nem falei, se calhar foi falta de educação minha, mas naquele momento, não pensava em nada, tinha a minha mente cheia de coisas e ao mesmo tempo vazia! Cumprimentaste-me e seguiste em frente, assim como eu, o nosso fim foi o melhor para ambos, e eu agora percebi, estás melhor assim, e eu também. Não te vou negar, fizeste-me feliz, mas como já disse, já não o fazes, magoaste-me e eu provavelmente também a ti. Hoje provei a mim mesma que sou forte! Não conseguiste que eu deixasse cair uma lágrima por ti, não chorei nem vou chorar, a vida continua, e temos tanto para viver, e oh, tantas aventuras e experiências para viver! Agora, não preciso de ti para ser feliz, porque a minha felicidade depende apenas de uma pessoa, e essa sou eu própria. Até um dia, sê feliz!

11 comentários:

beatrizpereira disse...

está tão perfeito, identifico-me imenso.

Renata disse...

Gosto muito do texto. Explica o que se passou. :)

Cláudia Ribeiro. disse...

Eu estou bem, só não acredito que volte a amar alguém. Obrigada <3

Mariana disse...

dizem que fico fofinha, mas não gosto xd

beatrizpereira disse...

obrigada eu <3

beatrizpereira disse...

digo-te o mesmo!

patrícia. disse...

Está mesmo perfeito. Ainda bem que conseguiste toda esta força. Tu és forte e que seja sempre assim. <3

Mariana disse...

tens algumas? :3

Renata disse...

Esses encontros nunca são muito agradáveis. -.-

Cláudia Ribeiro. disse...

Eu nem sei se quero esse Alguém. Prefiro não voltar a sentir vontade de morrer e um desgosto tão grande. Tem um Feliz Natal doce ! <3

Joana'S disse...

obrigada pelo apoio princesa!
estou no nono ano, e já agora, em que ano estas tu? s:
identifico-me com o texto... a pessoa a quem te referes nele é o teu namorado, ou melhor, o teu ex? s: de repente fiquei confusa..